Ensino

Franz Kafka, autor de “A Metamorfose”

Franz Kafka (1883-1924), escritor tcheco, de idioma alemão, nasceu em Praga em 3 de julho de 1883 e faleceu em 4 de junho de 1924. Filho de um comerciante israelita, Franz Kafka teve sua formação sob a égide de três culturas convergentes, a tcheca (eslava), a alemã e a judaica, as quais produziram ao seu tempo, em Praga, uma grande e rica movimentação intelectual.


Franz Kafka autor de A Metamorfose

Franz Kafka autor de A Metamorfose

Franz Kafka

Depois de diplomado em leis, Franz Kafka sofreu o influxo da tradição religiosa hebraica, fez-se sionista e planejou mudar-se para a Palestina, plano que fracassou em virtude dos primeiros sintomas da tuberculose.

A “Escola de Praga” exerceu sobre Franz Kafka, como sobre Rilke, Werfel, Brod, uma influência decisiva, através do gosto pela metafísica, pelos aspectos realistas, pela inclinação para a música, a fantasia e o sonho. Essa mistura de sonho e realidade é o nervo da obra de Franz Kafka. O homem de Kafka, sentindo-se impotente para vencer a organização social, mais forte do que ele, permanece na superfície das coisas, assistindo ao seu curso louco, em dramático desamparo, como um autômato, para afinal ser absorvido pelo processo da organização cega e mecânica. A técnica narrativa de Franz Kafka é a representação mítica da condição humana na sociedade contemporânea, sob forma lírico-dramática, traduzindo seu conceito, misto de dúvida e desespero.

A existência de Franz Kafka

Enquanto viveu, a obra de Franz Kafka só foi conhecida de um grupo restrito de amigos, que admiravam nele a grande e fina humanidade. Por volta de 1910, Franz Kafka iniciou a redação de um Diário, que conservou até a morte. Aí registrou o seu drama interior, em face das dificuldades da vida e dos conflitos com o pai. Além do Diário, seus livros de ficção tiveram publicação póstuma, graças ao seu amigo Max Brod, que desatendeu suas disposições testamentárias. Assim, conhecem-se hoje: O Processo, América, O Castelo, A Metamorfose, Na Colônia Penal, escritos após 1912, além das cartas, fragmentos e aforismos de Franz Kafka. Constituem um dos pontos mais altos da literatura contemporânea, sendo que a corrente existencialista considera Franz Kafka como o seu precursor.

Franz Kafka e suas agonias

Em A Metamorfose, conto escrito em 1915, Franz Kafka conta a história de Gregor Samsa, um homem que se tornara caixeiro viajante por questões financeiras, e que por causa do trabalho perde sua vida própria. Certa manhã, Gregor Samsa ao acordar para ir ao trabalho percebe que se transformara em inseto. Já no romance O Processo, Franz Kafka narra a história de Josef K., um homem que acorda certa manhã e é preso sem nenhuma razão conhecida ou revelada, passando por um longo processo sem conhecer o porque disso tudo.

Durante o último ano de vida de Franz Kafka, a amizade de Dora Dymant e do médico Robert Klopstock muito lhe valeram no sentido de mitigar-lhe os sofrimentos e trazer alguma felicidade. A existência de Franz Kafka foi obscurecida pela monotonia mortal de seus afazeres oficiais e pelo conflito permanente com o pai.


Leia também...

Como escolher a escola para seu filho?
A escolha da escola certa é um...
O que é Sustentabilidade?
A idéia atual de Sustentabilid...
O Sistema Solar e seus planetas
O Sistema Solar é formado por ...
Origem e Evolução do Universo
Um dos maiores e mais fundamen...
Estrelas e Galáxias
As estrelas são os elementos b...
Símbolo da Paz
A pomba branca é um dos símbol...
As 10 Melhores Universidades do Mundo
O sonho da maioria dos estudan...
Lampião, o cangaceiro - vida e biografia do herói do sertão
Lampião era o nome de guerra q...
O que são Unidades de Medida
A primeira unidade de medida u...
Os Manuscritos do Mar Morto online
Os Manuscritos do Mar Morto fo...
Lendas do Folclore Brasileiro, Personagens
Conheça os principais personag...
Dicionário de Termos Econômicos – Parte 1
Balanço de pagamentos? Divida ...
Bookmark and Share

Deixe um Comentário