Ensino

Obras de Pablo Picasso

Pablo Picasso (seu nome completo era Pablo Diego José Francisco de Paula Juan Nepomuceno María de los Remedios Cipriano de la Santísima Trinidad Ruiz y Picasso, 1881- 1973). Pintor, escultor, gravador, desenhista, ilustrador e ceramista espanhol nascido em Málaga e radicado em Paris. Seu pai era professor de desenho. Talento precoce, Pablo Picasso aos 14 anos ingressou na Escola de Belas-Artes de Barcelona, após ter executado num só dia a prova que os candidatos tinham um mês para entregar. Dois anos depois ingressa na Escola de Belas-Artes de Madrid. Em 1901, Pablo Picasso visita Paris pela primeira vez, e Berthe Weil lhe adquire três aquarelas. Três anos depois Pablo Picasso radica-se em Paris, estabelecendo seu atelier no célebre “Bateau-Lavoir”.


Obras de Pablo Picasso - Mulher no espelho

Estilo das obras de Pablo Picasso

Em 1908, sob a influência de Cézanne, da escultura romano-espanhola e da arte negra, Pablo Picasso pinta as “Donzelas de Avinhão” (Museu de Arte Moderna de Nova York), hoje considerada como a primeira obra cubista, se bem que a primeira mostra cubista date de 1911.

Paralelamente às pesquisas de Braque, Pablo Picasso não hesita em acrescentar às suas pinturas elementos estranhos: papéis colados e areia. Em 1917, visita Roma e se junta aos Ballets Russos de Diaghilev, executando cenários e costumes para “Parada”. Quando se instala a Revolução Espanhola de 1936, Pablo Picasso adere aos Republicanos, e é por eles nomeado Diretor do Museu do Prado. No mesmo ano pinta “Guernica“, não só a obra de Pablo Picasso mais célebre, mas, possivelmente, o ponto culminante da arte do séc. atual.

Em 1944, Pablo Picasso filia-se ao Partido Comunista Francês. Em 1953, decora uma capela do séc. XV, próximo a Vallauris, para a mesma executando os grandes painéis “Guerra e Paz“.

Fases das obras de Pablo Picasso

Costuma-se dividir a imensa obra de Pablo Picasso em períodos, ou fases: azul (fins de 1901 a 1903), rosa (1904-1905), fase circense (até 1906), negra (1906-1909), cubismo analítico (até 1912), papéis colados (1912-1913), cubismo sintético (1913-1915), fase ingresca (1915), fase neoclássica (1920-1925, e de novo a partir de 1946) metamorfoses (1927 em diante), etc. A escultura picassiana teve seus começos em 1905, foi interrompida de 1914 a 1928 e de então por diante tem crescido de importância. As primeiras águas-fortes e pontas-secas de Pablo Picasso são de 1904-1905, mas só foram editadas em 1913, por Vellard. O primeiro livro ilustrado de Pablo Picasso foi Poèmes, de André Salmon (1905), e desde então o artista executou pontas-secas, águas-fortes, aquatintas, gravuras ao buril, litografias, linóleos e desenhos de diferentes técnicas para cerca de 60 volumes, em sua maioria coletâneas de poemas. Quanto à cerâmica, começaram a ser executada em 1947.

Pablo Picasso foi um desenhista admirável, talvez um dos maiores de todos os tempos. Construtor de formas a que se pode chamar quase de genial, autor de obra extensa se bem que de valor desigual, Pablo Picasso foi e continua sendo a maior influência a atuar sobre a arte contemporânea. Pode-se dizer que cada movimento estético dos últimos 50 anos de um modo ou de outro esteve ligado ao nome de Pablo Picasso, e pela análise de sua obra poderão os críticos futuros reconstruir a evolução artística da primeira metade do séc. XX.

Influências sobre as obras de Pablo Picasso

Sobre a arte de Pablo Picasso atuaram as influências mais díspares. Um crítico paciente chegou a alinhar as seguintes influências sobre as obras de Pablo Picasso: Pollaiuello, Ucello, Rafael, Grünewald, Arcimboldo, El Greco, Poussin, Zurbarán, Goya, David, Ingres, Cézanne, Seurat, Lautrec, Puvis de Chavannes, Henri Rousseau, Mirà, de Chirico e Matisse — além da vidraria gótica e da escultura grega e helenística, dos capitéis românicos e dos vasos etruscos, da escultura negra e do desenho boximane. Tal versatilidade é causa de controvérsias sobre o valor criativo das obras de Pablo Picasso, o qual sem dúvidas é o mais notável representante da arte do século atual.

Obras de Pablo Picasso – Imagens

Na sequência: “Nu Azul”, “Mulheres correndo na praia”, “Mulher no espelho”, “Les Demoiselles dAvignon”, “Le Moulin de la Gallete”, “Guernica”, “ Gertrude Stein” e o “Velho Guitarrista”.


Leia também...

Qual o objetivo da prova do ENEM?
Ao contrário da maior parte d...
O que são Raios-X (Radiografia) Digital?
Os exames de Raios-X Digital, ...
Cursos SENAC profissionalizantes
Conheça os cursos do SENAC – S...
Curso à Distância Grátis SENAC
O SENAC oferece através de seu...
As 10 Melhores Universidades do Mundo
O sonho da maioria dos estudan...
Lampião, o cangaceiro - vida e biografia do herói do sertão
Lampião era o nome de guerra q...
Período Jurássico e suas características
O Período Jurássico é a divisã...
O espiritismo e Allan Kardec
Allan Kardec, pseudônimo de Hi...
Dicionário de Termos Econômicos – Parte 2
Leia aqui a continuação desta ...
Curso de Word e Excel Online - Aprenda pela Internet
Fazer um Curso de Word e Excel...
Programa Jovem Aprendiz Petrobras – Inscrições
Conheça o Programa Jovem Apren...
Nero, Imperador de Roma
O imperador romano Nero, entre...
Bookmark and Share
1 comentário para Obras de Pablo Picasso

Deixe um Comentário